quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Tipos de Motores Elétricos

Motor Elétrico é um dispositivo que transforma energia elétrica em energia mecânica. É o mais usado de todos os tipos de motores. É utilizado em brinquedos, eletrodomésticos, automóveis, ferramentas elétricas, eletro-eletrônicos, diversos tipos de máquinas tais como prensas, tornos, fresas, injetoras e etc, aviação, navegação e também em drones.
Quanto ao conceito construtivo, os motores se classificam em:
  • Síncrono - funciona com velocidade constante; utiliza-se de um induzido que possui um campo constante pré-definido e, com isso, aumenta a resposta ao processo de arraste criado pelo campo girante. É geralmente utilizado quando se necessita de velocidades estáveis sob a ação de cargas variáveis. Também pode ser utilizado quando se requer grande potência, com torque constante. Exemplos de utilização: motores para brinquedos e ferramentas elétricas.
  • Assíncrono - funciona normalmente com velocidade estável, que varia ligeiramente com a carga mecânica aplicada ao eixo. Devido a sua grande simplicidade, robustez e baixo custo, é o motor mais utilizado de todos, sendo adequado para quase todos os tipos de máquinas acionadas encontradas na prática. Atualmente é possível controlarmos a velocidade dos motores de indução com o auxílio de inversores de frequência. Exemplos de utilização: Motores para máquinas tais como prensas, tornos, injetoras como tambem em esteiras e escadas rolantes, dispositivos de transporte e bombas.
Quanto ao tipo de tensão utilizada, são classificados em:
  • Corrente Contínua (DC) - O motores de corrente contínua precisam de uma fonte de corrente contínua, neste caso pode ser necessário utilizar um circuito retificador para converter a corrente alternada, corrente fornecida pela concessionária de energia elétrica, para corrente contínua. Podem funcionar com velocidades ajustáveis entre amplos limites e se prestam a controles de grande flexibilidade e precisão. Por isso seu uso é restrito a casos especiais em que estas exigências compensam o custo muito mais alto da instalação, ou no caso da alimentação usada ser contínua, como no caso das pilhas em dispositivos eletrônicos.
  • Corrente Alternadas (AC) - Os motores de corrente alternada são os mais utilizados, porque a distribuição de energia elétrica é feita normalmente em corrente alternada.Seu princípio de funcionamento é baseado no campo girante, que surge quando um sistema de correntes alternadas trifásico é aplicada em polos defasados fisicamente de 120º. Dessa forma, como as correntes são defasadas 120º elétricos, em cada instante, um par de polos possui o campo de maior intensidade, cuja associação vetorial possui o mesmo efeito de um campo girante que se desloca ao longo do perímetro do estator e que também varia no tempo.
Eu recomendo, compre duchas, chuveiros, aquecedores, torneiras elétricas e ventiladores na lojadochuveiro.com.br
Motor Assíncrono

Motor Síncrono

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

O que é balanceamento de fases?

Numa instalação residencial bifásica onde há tensões 127 e 220V é imprescindível que se faça o balanceamento das fases. E o que é isso? Os circuitos 127V são formados por uma fase e um neutro. Uma residencia por menor que seja, deve ter pelo menos dois circuitos 127V. O eletricista ao elaborar o projeto elétrico deve faze-lo de tal forma que as cargas instaladas nestes circuitos devem estar equalizadas o máximo possível, isto é, a soma das potências num circuito deve ser igual ou pelo menos com uma pequena diferença entre elas. Vejamos o exemplo abaixo:

Circuito 1: geladeira (800W), microondas (1400W), iluminação da cozinha e da sala (150W), TV da sala (100W)   Total: 2450W.

Circuito 2: Maquina de lavar roupa (800W), computador e impressora (450W), TV dos quartos (200W), iluminação dos quartos, corredor, garagem e lavanderia (480W) outros eletrodomésticos (450W) Total: 2380W.

Dificilmente se consegue um balanceamento perfeito, mas é possível obter uma diferença de 100 ou 200W. 

A ausencia do balanceamento pode ocasionar o desligamento continuo do disjuntor principal causada pela sobrecarga de uma das fases. Isso é facilmente percebido verificando que uma das fases esta quente e a outra não.
Se esta ocorrendo este problema e sua residencia possui 3 ou mais circuitos 127V, voce pode tentar corrigir, invertendo a ligação entre as fases.


Observe na foto acima, que os circuitos 127V estão ligados 2 numa fase e 2 na outra fase (flexas azuis).

Compre duchas, chuveiros, aquecedores, torneiras elétricas e ventiladores na lojadochuveiro.com.br



terça-feira, 26 de setembro de 2017

Como saber se um fio é fase ou neutro?

Imagine que você precise identificar se os fios de uma tomada são fase ou neutro para puxar um 127 ou 220V.
A maneira mais fácil de identificar é utilizando um multímetro porém, é um equipamento não muito barato e com certa dificuldade de utilização.
Mas existe uma maneira prática e eficaz de faze-lo utilizando apenas uma lâmpada 220V. Mas atenção, este método funciona somente com lâmpada incandescente.
  • Exponha os fios a serem examinados.
  • Com muito cuidado, encoste a ponta do fios do soquete em dois fios e verifique a luminosidade da lâmpada. (ver foto)
Luminosidade mais fraca 127V (1 fase e 1 neutro)

  • Mude apenas um dos fios do soquete e verifique novamente a luminosidade. Se ao mudar um dos fios a lâmpada passou de luminosidade forte para fraca, significa que o fio que ela estava encostada era uma fase e o fio que esta encostado agora é um neutro. 
  • Se ao mudar um dos fios, a lâmpada passou de luminosidade fraca para forte, significa que o fio que estava encostada era um neutro e o fio que esta encostada agora é uma fase.
  •  Quando ela estiver mais forte significa que os fios que esta encostada são duas fases e quando estiver mais fraca é uma fase e um neutro.
  • Repita a operação algumas vezes para ter certeza na identificação dos fios.
Eu recomendo compre duchas, chuveiros, torneiras elétricas, aquecedores e ventiladores na lojadochuveiro.com.br

Luminosidade mais forte (2 fases)

Fios identificados após teste com lâmpada


quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Qual a diferença entre climatizador e ar condicionado?

Qual a diferença entre climatizador e ar condicionado?


Climatizadores são equipamentos que reduzem a temperatura do ar utilizando o processo de evaporação da agua. É composto basicamente de 1 ventilador, 1 bomba d'água, 1 painel evaporativo e 1 reservatório de água.
Como funciona: O ar quente e seco é forçado pelo ventilador a passar pelo painel evaporativo. Neste painel a água entra em contato com este ar quente e evapora retirando calor do mesmo. O ar então e devolvido ao ambiente mais fresco e úmido.
A temperatura resultante não é controlada ou constante pois depende de fatores externos como temperatura e umidade do ar exterior. Sua eficiência fica muito prejudicada em dias muitos quentes.
A principal vantagem dos climatizadores é que possuem um baixo consumo de energia.

Ar condicionado são equipamentos mais complexos dotados de compressor, serpentina com gás refrigerante, resistências elétricas, umidificador e filtros. Podem ter a função somente de aquecimento, só de resfriamento ou ambos, umidificação, renovação, filtragem e ventilação.
O ar externo é forçado a passar pelo sistema sendo aquecido, resfriado, umidificado ou filtrado conforme a opção desejada.
As condições desejadas podem ser controladas e sua funções podem ser mescladas.
Sua principal desvantagem é o consumo de energia elétrica.

Veja este modelo de climatizador: Climatizador de Ar Elgin

Compre duchas, chuveiros, torneiras elétricas, aquecedores e ventiladores na lojadochuveiro.com.br

Ar condicionado tipo Split

Climatizador

Ar condicionado


sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Como aumentar a pressão a água da caixa?

Pouca pressão de água é muito frequente em casas térreas, sobrados e apartamentos de cobertura. A baixa pressão ocorre devido a pouca diferença de altura entre a caixa d'água e os pontos de consumo é sentida principalmente no banho. A maioria das duchas e chuveiros funcionam com pressão mínima de 1 m.c.a. (metro de coluna d'água), isto é, a diferença de altura entre o cano do chuveiro e o fundo da caixa d'água deve ser de 1 metro. Tem-se como padrão que a pressão ideal seja de 3 m.c.a.
Como resolver este problema? Há 3 maneiras de resolver ou minimizar o problema:

Instalar um pressurizador elétrico na entrada do chuveiro. Existe também a opção de adquirir um chuveiro pressurizado.
Chuveiro com pressurizador
Veja este modelo de pressurizador: Pressurizador para Chuveiros Lorenzetti

Instalar um pressurizador elétrico na saída da caixa d'água. Neste caso há necessidade de ter um ponto com energia próximo a caixa d'água. Este equipamento pressuriza toda a instalação hidráulica.

Instalar uma válvula alternadora de pressão na caixa 'água.

Esta válvula alterna a pressão entre a água da caixa e a água da rua. Enquanto a água da rua estiver com maior pressão, será esta que fornecerá água para a residência. 
Atenção: Este produto não é um pressurizador.

Veja este modelo de válvula: Válvula Alternadora de Pressão

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Instalei o chuveiro e ja queimou a resistência?

Este é um dos problemas mais corriqueiros ao se instalar chuveiros: Logo após a instalação ocorre a queima da resistência. 
E porque isso acontece?
As resistências de chuveiro precisam ficar constantemente em contato com a água para não queimar pois do contrário elas se superaquecem e fundem-se.
O sistema que faz o acionamento da resistência é um diafragma que fica próxima aos contatos elétricos. Ao abrir o registro a água preenche o reservatório onde se encontra este diafragma e a pressão faz com que ele feche o circuito permitindo a passagem da corrente elétrica pela resistência aquecendo assim a água.
Quando se instala um chuveiro novo, este reservatório esta vazio e ao abrir o registro, a água empurra o ar dentro da tubulação fazendo pressão no diafragma fechando o circuito porém, não há água no reservatório fazendo assim com que a resistência se queime.
Portanto ao instalar um chuveiro, seja novo ou não, antes de ligar a energia elétrica, abra o registro e deixe passar água por alguns segundos, depois então ligue a energia elétrica.

Compre duchas, chuveiros, torneiras elétricas, aquecedores e ventiladores na Loja do Chuveiro.
Modelo de diafragma

Desenho simplificado do sistema de acionamento da resistência.

terça-feira, 29 de agosto de 2017

O que é chuveiro com jato inteligente?

Na maioria dos chuveiros ao se abrir o chuveirinho, continua saindo um pouco de água pelo chuveiro, o que se torna um conveniente principalmente ao dar banho em crianças onde o adulto permanecerá junto.
Os chuveiros com jato inteligente, são modelos que possuem um dispositivo interno que ao se utilizar o chuveirinho, não permite a saída de água pelo chuveiro. 







Veja alguns modelos de chuveiros com jato inteligente: